27 de abr de 2010

Alea jacta est

A sorte foi lançada. (dito pelos generais romanos antes de uma batalha)
--------------------------------------------------------------------------------
Eu não me faço de surdo.
Eu não ignoro tudo.

Eu quero viver o apuro.
Eu quero ganhar e perder tudo.

Obrigado por se preocupar.
Por tentar me fazer mudar.
Mas hoje eu vou arriscar.
Chegar, perder e ganhar.

A mesa já foi posta.
Será que você não vê?
Com o meu par de ases
Quem vai chorar é o crupiê.
--------------------------------------------------------------------------------
Ok, um post inspirador pra aumentar minha confiança no colégio.
Física eu até me garanto. Portugues... Pff...
Química...
Bom, não tem mais o que tentar. Já estudei, ralei, tentei, me esforcei e etc.
Agora é esperar pra ver.

Fogo

Era fogo.
Morri e não pude fazer nada, apenas sentar e assistir
Enquanto você me queimava.

Já tinha me acostumado com a ideia
E nem ao menos tentei resistir
Enquanto você me queimava.

No meio das minhas cinzas
Encontravam-se minhas lembranças.
Cada momento estava limpo e polido
Mesmo que eu tenha sido queimado vivo.

E agora eu já não me importo mais.
Sou nada menos que poeira ao vento.
Talvez superior ao que era antes
Pois agora não existo, logo, penso.

25 de abr de 2010

Rock and Roll Can't Die

Outro dia eu fiquei pensando : Será que, se essa ondinha pop/emo/rap-gangsta-nigga/eco-babaca/gay virar uma tsunami, os outros estilos musicais vão virar raridade? Sei lá, vai que (daqui a uns 10 anos, quem sabe?) eu fico com vontade de ouvir blues, aquele blues bem forte, estilo anos 60, 70. Será que eu vou achar algum lugar onde tenha shows? Será que eu vou encontrar alguma coisa na loja de cds/lps/qualquer-coisa ? Será que eu vou achar a musica que eu quero no 4shared, no youtube ou em algum programa de buscas?
Sei lá, essa perspectiva me dá um pouco de medo. A nossa geração já vai viver em um mundo ferrado, será que além de viver em um mundo ferrado, ainda vamos ter que viver em uma sociedade global com uma cultura que é aberta e ao mesmo tempo preconceituosa?

Melhor não pensar...

20 de abr de 2010

Ridiculo Mundo Novo

Simplesmente ridículo.
Acabo de ler no Globo.com um título de matéria :
"Frango causa perda de masculinidade, diz Evo"
Aí leio a matéria e fico revoltado.
A matéria era sobre uma conferência ambiental que reuniu muitos países para dar ideias sobre como diminuir o aquecimento global. Melhor : Evo Morales falou sim do maldito frango, mas a frase principal do discurso falava que 'Ou morre o capitalismo, ou morre a Terra."
E os putos do globo.com focam na merda do frango.
Não tem como explicar a raiva que eu to sentindo, mas foi algo estúpido. Tem pessoas se preocupando em salvar o NOSSO planeta (que não é só seu, nem do retardado que ganha milhões só por liberar destruirem o planeta) e um site de NOTÍCIAS põe como título a parte mais dispensável, pra não fazer ninguem se preocupar e até rirem de algo importante.

2012 tá lá rindo da nossa cara agora, pensando "Cara, que lesados! Eles tão fudidos!"
Vai entender...

18 de abr de 2010

Um domingo como outro qualquer

Adoro esses domingos tranquilos que dá pra fazer uma zona básica até de tarde, e depois ficar conversando sobre qualquer coisa lá com o Alan e o Stefano no meu velho prédio. E também é legal ouvir as histórias malucas de cada um, que nem a do gnomo.
Seguinte:
Quatro amigos queriam virar a noite bebendo. No meio da madrugada, acabou a cerveja. Então eles resolveram que a farra não podia acabar e começaram a beber Alcóol Etílico com coca-cola (!!).
Algumas horas depois eles escutam um "Hén!" meio áspero. Aí eles se olham e perguntam um pros outros : "Vocês tão escutando isso? Vocês tão vendo isso?" Isso na verdade era um gnomo no pé deles, que tava toda hora fazendo o "Hén!". Depois dessa, nunca mais beberam.
(Créditos ao Paulo, no dia do casamento da Ana Fernandes)
Momento do dia :
A conversa do nada converge pra átomos. E o Alan fala : "Vocês sabiam da teoria que dentro de cada átomo tem um universo?" *Aponta pro braço pra se referir aos átomos do braço.* "Imagina só, 2012! 2012!" *e bate no braço que nem um idiota*

Sério, agente riu muito.

15 de abr de 2010

Rockistas Anônimos

Não consigo imaginar um mundo sem rock.
Mas também não consigo ver um mundo só com rock. Imagina o tédio todo mundo conhecer as mesmas músicas que você, todos sempre escutando as mesmas coisas, etc etc.
A graça no mundo é a diversidade. É você ser um Rockista Anônimo e se ver num show de pagode em Araruama com muitas pessoas pra uma banda que eu nunca ouvi falar, eles tentando puxar um coro da platéia e ficarem no vácuo. Ao menos eles levaram na "esportiva", fazer o que?

Eu acho a ideia (sem acento, salvo as novas regras) de ter menos pessoas curtindo o velho rock algo estimulante, porque faz com que dá uma certa obrigação as pessoas que querem resgatar esse som (e eu espero que eu consiga fazer isso em um futuro próximo).

Ah, e isso me lembra que realmente, correu tudo bem com o Dino na banda, ele se entrosou muito bem e ainda pra melhorar tudo, a Moti foi pra no finalzinho cantar Ana Julia conosco.
Bom dia aquele, tirando a piada do Cavaleiro Verde e Vermelho do cavalo verde e vermelho.
(Ok, foi uma piada legal, créditos pro Dino).

12 de abr de 2010

A volta dos que não foram

"Maybe, I dont really want to know
How your garden grows
Maybe I just wanna fly

Lately, did you ever feel the rain
In the morning rain
That it sokes you to the bone

Maybe I just wanna fly
Wanna live, dont wanna die
Maybe I just wanna breath
Maybe I just dont belive
Maybe you're the same as me
We see things they'll never see

You and I are gonna live forever"
Oasis - Live Forever

8 de abr de 2010

Por onde andei?

Tédio-mor hoje, já que to sem aulas até segunda.
Pior que isso só a falta de criatividade.
Ainda bem que finalmente eu encontrei as pessoas certas, aquelas que realmente gostam de conversar comigo. Nada contra meus amigos antigos, mas ninguem nunca ficou na webcam comigo o dia inteiro só pra ficar rindo da cara do outro, por exemplo. ("Grande" Moti)
Engraçado como as pessoas com quem eu sempre convivi nunca foram assim, mas fazer o que?
Me sinto um tolo por pensar em coisas pequenas. Mas se eu penso nas grandes, noto de novo a ausência.

Por que a criatividade não tem um botãozinho pra eu ligar e desligar quando eu quiser?
Preciso manter o ritmo, meus versos tortos não podem morrer do nada.

--------------------------------------------------------------
Somos 4 pessoas ao todo :
O bobo, o calmo, o alegre e o inteligente
Nenhum dura muito tempo
Mas todos dividem minha mente

7 de abr de 2010

Não me pergunte

Algo que já sabes a resposta
Pois será uma perda de tempo
Com uma resposta óbvia.


--------------------------------------------------------------------

Todas as pessoas que eu andei conhecendo ultimamente foram virando grandes amigos meus, e os amigos antigos estão se distanciando. Poucos são os que vão restar.
Será que o problema está em mim ou as pessoas que são babacas mesmo?
Melhor não pensar...

Dedicado à Elena, a pessoa que mais tem me escutado ultimamente, à Motinha, pelo apoio no blog, e ao Bruno, meu velho irmão de guerra que mesmo após todos esses anos continua me ligando pra marcar o Kart...

6 de abr de 2010

O que me falta...

O eco na mente repete
O som da música inacabada.
A palavra certa existe,
Mas à mente só me vem a errada.

Um verso para o prefeito Eduardo Paes :

A tua piscina tá cheia de ratos!
Tuas promessas não correspondem aos fatos.
A chuva não pára!

Chove, mas como chove...

Chuva chuvisco chuvarada, por que que chove tanto assim?

O mundo desabou com horas de chuva interminável. E o Rio parou de funcionar, só olhar pra Conde de Bonfim que se vê vários carros abandonados. E o dinheiro dos impostos vai pra onde?
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A mente mente pois a verdade é mentira; e a realidade aterroriza os fracos enquanto o forte a domina.

4 de abr de 2010

O poeta está vivo.

Cazuza e Barão Vermelho.
É, eles tão virando o meu modelo de banda.

Po, o cara fazia poesia de forma incrível. As letras eram tão bem pensadas, e tinha tanta inteligência que eu me sinto um neófito (o que é verdade, mas ignoremos)

Agora compara "O tempo não para" com todas as músicas de alguma dessas bandas atuais.
Em uma música, Cazuza conseguiu colocar mais significado e mais inteligência que em toda a discografia do NXZero, por exemplo.
Não dizendo que a banda é ruim, mas falta criatividade, falta poesia.

1 de abr de 2010

"Você tá virando Hippie, Zettel"

Será???
Sei lá, eu simplesmente to querendo me divertir um pouco, mas não acho que é pra tanto.
Ok, eu to bem despreocupado com tudo, mas pelo menos eu me sinto bem, fico feliz e calmo.

A linha entre despreocupado e desinteressado é bem tênue.
Será que o desinteresse acontece com a falta de preocupação???
Objetivos, objetivos... Foco sempre no futuro, sempre em direção ao melhor... Mas se as coisas não derem tão certo, o que fazer??? Surtar? Explodir alguem ou algo? Se trancar no banheiro e ligar o gás?

Siga seus sonhos, faça o que você quer, não importa a dificuldade ou a falta de apoio. Mas se for fazer o que não deseja, faça direito. Qualidade sempre vem em primeiro lugar sempre. Fato.
E é melhor se destacar por ser bom em algo que ruim em tudo.
Est modus in rebus.
Dixi