29 de jun de 2010

A brand new season

Eu queria um caderno
Daqueles finos, que parece uma agenda
Mas sem datas nem prazos
Pra poder anotar meus pensamentos
Organizar minha cabeça
E chegar em conclusões únicas e falsas
Que logo seram substituídas por outras

E assim eu poderia jogar
Meu coração em folhas de papel
Sem sangue nem dor
Sem lambanças pra senhorita
Guardar várias e diversas lembranças
Que logo serão esquecidas
Ou habitarão relutantemente
Os porões do meu consciente

E elas gritam por liberdade
Logo serão substituídas pela nova temporada
E eu grito por sabedoria
Esperando que os chefes me joguem um osso

3 comentários:

  1. é, quando vc se empolga
    vc se empolga XP

    ResponderExcluir
  2. Tudo isso por causa de uma liçao do CCAA! o.o

    Só vc mesmo amor HAUSHAUHSUAHSUA

    ResponderExcluir
  3. "E assim eu poderia jogar
    Meu coração em folhas de papel
    Sem sangue nem dor"

    Está enganado meu caro, cara gota de tinta na folha é uma pontada de dor...

    ResponderExcluir