1 de jan de 2011

E no fim...

Um bom ano.
Mais que isso, um ano cheio de decisões, escolhas e caminhos.
Mas e aí, e agora? Qual o rumo desse barco? Vamos deixar o leme solto e decidir ou vamos calcular a rota com mais precisão que os óculos da Elemar?
É, um ano que se foi e as coisas mudaram tanto que algumas continuam na mesma. Mas sempre do melhor jeito possível, claro.
Comecei a trilhar um caminho que vai dar muita dor de cabeça, mas o melhor de tudo é que a qualquer momento eu posso sair, esquecer tudo e voltar a viver uma vida normal.
E então, é isso. Guitarra afinada, conectada e no último volume, pronta pra o que der e vier.

Nenhum comentário:

Postar um comentário