26 de mai de 2010

Mulheres, Mulheres...

Fala sério, mulheres são tão iguais e tão diferentes ao mesmo tempo que é muito difícil dizer que conhece bem uma ou sabe o que outra vai fazer.
Elas são tão imprevisíveis que às vezes, são previsíveis só pra nos pegar de surpresa, e se elas notam que você estava tentando advinhar seus movimentos, elas reclamam que nunca são ouvidas, nunca prestamos atenção nelas, etc etc.
É interessante pensar sobre o assunto. Todos lembramos de alguma mulher importante para nós, seja a própria mãe querida, que nos ensinou como viver, seja aquela garota linda, inteligente e comprometida pela qual nos apaixonamos, e que faz questão de nos fazer sofrer por puro prazer.

E como nós sofremos por vocês, mulheres!
Somos chamados de diversos animais, considerados seres sem sentimentos e que se divertem ao deixar vocês nervosas.
Enquanto é consenso que as mulheres são valorosas, inteligentes, engraçadas e superiores, nós somos tachados de selvagens, simplesmente controlados por nossos instintos.
Como isso é possível?
Nós rastejamos muito por vocês, nos esforçamos pra fazer vocês felizes e não recebemos nem um dia só nosso?

Mesmo assim, não gostaria de uma vida com mulheres tão simples, tão fáceis de se entender. É um mérito alto conseguir acertar uma previsão envolvendo uma fêmea.
Detalhe : se acertamos uma vez, demoramos um bom tempo para conseguir este feito marcante novamente. Vocês simplesmente não abaixam a guarda...
Mesmo sendo tão inteligentes, vocês não conseguem entender que nós, simples homens, gostamos de vocês pelo que são, não pelo que tentam ser. Se são maduras, espertas, divertidas, felizes, lindas, não precisa se gabar sobre isso. Nós sabemos muito bem.

Estereótipos não servem em delta situações, mas em se tratando de mulheres, talvez alguns desses sirvam :
  • Loucas
  • Inconstantes
  • Bipolares
  • Imprevisíveis
  • Divertidas
  • Animadoras
  • Companheiras
E, acho que o mais correto, mesmo que muitos digam que não :
  • Necessárias

2 comentários:

  1. Gostei do post
    bem legal mesmo
    Vou fazer uma allusão ao seu texto,porém falando de homens, que tal?
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. discordo de algumas coisas e tenho algumas a acrescentar:
    * Nos estereótipos, adicionaria perfecionistas, você mesmo disse lá em cima, é bom lembrar que mesmo irritando de tão perfecionistas ainda é um charminho que elas tem. ^^
    * Retira divertidas ._. (alguém aí tem uma mãe que zoe mais que o pai? pensei que não mesmo)
    * Elas reclamam que nunca são ouvidas sempreque acaba o assunto xDDD. ok, brinks
    * Acho que rastejar é exagero, claro que existem homens idiotas que se rebaixam, e hoje em dia talvez isto esteja sendo a regra e não a exceção, mas ainda existe uns poucos que sabem a diferença entre ser cavalheiro e ser capacho.
    Acho que acabou, bom texto (:

    ResponderExcluir