19 de mai de 2010

Não acredite na verdade.
Ela é feita por mentiras coerentes.
Simples fatos ao acaso, que dependem
De um ponto de vista variado e único

Falta sentido para mim.
Um breu idiota,
Que me deixa perdido
Que nem cego em tiroteio.
Fala sério, você ainda acredita
No conto do viajante?
Cade a fonte? Confirmação?
Não acredite em nada.
Nem mesmo em mim.
Faça sua verdade. Confirma.
Comprova ou sufoca.

2 comentários:

  1. me lembrou a música dos seminovos "não acredito"

    ResponderExcluir
  2. me lembrou a música dos seminovos "não acredito" +1
    Eu não concordo com esse texto '-'
    Há aquelas verdades que estão explícitas
    apesar de não fazerem muito sentido.
    Perdi tempo acreditando na minha verdade,porque não queria acreditar no que realmente acontecia.A verdade as vezes pode nãos er aquilo que queremos, mas é aquilo que realmente é .

    ResponderExcluir